Conheça o Hubble!

O novo hub de inovação de Minas Gerais

Inscreva-se na nossa Newsletter

Brasil tem startup entre as 15 melhores empresas do mundo em tecnologia de reconhecimento de faces

O governo americano acaba de lançar seu mais novo relatório de avaliação de empresas fornecedoras de tecnologia de reconhecimento facial e traz a brasileira Saffe Payments entre as 15 melhores na média geral, à frente de empresas conhecidas e de peso neste mercado. O ranking é conduzido pelo National Institute of Standards and Technology (NIST) e mostra indicativos de como as ferramentas que utilizam dessa inteligência artificial (IA) estão sendo cada vez mais usadas em todo o mundo.

 

No Brasil, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) disponibiliza desde 2018 aos comerciantes um sistema capaz de registrar traços faciais e validar a identidade do comprador. Os dados serão armazenados no banco de dados do SPC, junto de informações adicionais que ainda auxiliam na prevenção de fraudes, o mesmo campo em que a tecnologia da Saffe é aplicada.

 

Fundada em 2015 por André Coelho e Giovani Chiachia, a startup criou uma ferramenta para reconhecimento de faces em dispositivos móveis com o diferencial de prova de vida (liveness detection), que detecta quando tentam enganar os aparelhos com o uso de fotos ou vídeos, especialmente em mecanismos para a realização de pagamentos por meio de dispositivos móveis.

 

“Em um de nossos fluxos de autenticação de pagamentos, não é preciso um cartão, celular, pulseira, nada além da sua presença e a senha na hora da compra. No parque, na praia, em eventos, qualquer lugar, se o comerciante e comprador usam nosso serviço, este pode pagar sem nada, apenas com seu rosto”, completa o CEO André Coelho.

 

O modelo que está em processo final para ser patenteado no Brasil, ganhou também reconhecimento como um dos destaques no Laboratório de Inovações Financeiras e Tecnológicas (LIFT), uma iniciativa conjunta do Banco Central do Brasil e da Federação Nacional de Associações de Servidores do Banco Central (Fenasbac).

 

A Saffe ainda participa do Hubble, um programa de tração do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais - BDMG e LM Ventures, do qual recebe apoio em operações e captação de clientes.

 

“Essa é uma iniciativa muito nobre do BDMG e da LM Ventures que já tem efeito positivo sobre a Saffe, com a apresentação de um dos principais leads em 2019 e potencial investidor”, conta o CTO Giovani Chiachia.

 

Além disso, a startup está em negociações e testes com empresas-chave no setor de pagamentos no Brasil, Colômbia e países europeus, e também com as principais bandeiras de cartão de crédito. Como exemplo de aplicação em outros setores, estão em fase de testes e integração com uma importante autarquia provedora de tecnologia para governos com o objetivo de oferecer soluções de autenticação segura e conveniente para servidores e cidadãos.

 

Leia também: Como a tecnologia está mudando o mercado financeiro

Últimos Posts

Empresas usam Internet das Coisas para trazer o futuro para o dia a dia
Como startups ajudam a integrar a sustentabilidade e inovação à estratégia das indústrias
Brasil tem startup entre as 15 melhores empresas do mundo em tecnologia de reconhecimento de faces